lucas arantes

http://www.myspace.com/lucasarantes

Rashomon, Akira Kurosawa

leave a comment »

O filme “Rashomon” (1950), de Akira Kurosawa, é baseado no conto “Dentro de um Bosque” de Ryunosuke Akutagawa (considerado o pai do conto japonês), escritor que cometeu o suicídio aos 35 anos.

Valores morais rígidos geram homens honrados. Valores morais soltos, geram malandros e viciados.

 Dois planos narrativos. Três homens debaixo de um abrigo se protegem da chuva, sendo que dois deles participaram de uma corte sobre o assassinato de um samurai. Eles contam para um plebeu a história que ouviram.

Há quatro versões deste assassinato: o contato pelo bandido, o outro pela mulher, o outro pelo morto (por meio de um médium) e um outro pelo lenhador.

Não podemos confiar em nenhuma das versões, que são contraditórias. Cada uma delas parece conter toda a mentira e toda a verdade sobre o fato. Tal beco sem saída fez surgir no vocabulário a expressão “Rashomon”, na qual a veracidade de um evento é difícil de ser verificada.

E em quem confiar nos dias de hoje, onde cada um age de uma forma com cada um só para obter o máximo de benefício do outro antes de pronunciar palavras contraditórias em seu entorno?

Rashomon para o mundo contemporâneo.

“É por serem fracos que os homens mentem até para eles”

*

“Se um homem não confia uns nos outros a terra pode ser um inferno”

*

“No final, não pode entender as coisas que os homens fazem”

*

“- Estou envergonhado do que disse.

– É inevitável desconfiar dos outros num dia como este”

Anúncios

Written by lucasarantes

outubro 26, 2010 às 3:29 am

Publicado em cinema

Tagged with , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: